Blog Rio Adentro

Topo
Rio Adentro

Rio Adentro

Categorias

Histórico

Arraiás julinos aquecem o Rio neste fim de semana

Kamille Viola

05/07/2019 17h07

Geraldo Azevedo comanda o já tradicional Arraiá do Circo. Foto: divulgação/Felipe Diniz

Quem ama festa junina (assim como eu) sabe muito bem que é pouco junho para tanto arraiá. Já faz tempo que a festa se estende por julho — e por vezes até agosto — para nossa alegria. Para aproveitar o friozinho carioca (19 graus é frio, sim, OK, paulistas?), selecionei alguns arraiás neste fim de semana que prometem ser animados. Tem até festa exclusiva para mulheres, comandada pelas moças do bloco O Rebu. Bora pular fogueira?

Arraiá Cafuçu

Festinha no IFCS (o Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, da UFRJ) ao som do DJ Bbeça e do DJ convidado Letto. Ou seja: promete ser um ponto de encontro da galera da miçanga.

Vai lá:
Quando: Sexta (5), às 22h
Onde: IFCs. Largo São Francisco de Paula, 1 – Centro
Quanto: contribuição consciente

Arraiá da Lavradio

A feira, que ocupa a Rua do Lavradio todo primeiro sábado do mês, terá como atração musical o grupo Forró Calça Arriada, a partir das 16h30 (o show acontece na Praça Emilinha Borba, na esquina da Rua do Lavradio com Rua do Senado). Além disso, 400 expositores estarão lá com seus produtos.

Vai lá:
Quando: Sábado (6), das 10h às 19h
Onde: Rua do Lavradio, Lapa
Quanto: entrada grátis

Arraiá das Neves

Festa tradicional, organizada pela Paróquia de Nossa Senhora das Neves, que fica bem ali no Largo das Neves, em Santa Teresa. Com música, comidas e brincadeiras típicas.

Vai lá:
Quando: Sexta e sábado (5 e 6), das 18h às 21h. Domingo (7), das 10h à 0h
Onde: Largo das Neves, Santa Teresa
Quanto: entrada grátis

Arraiá do Circo

Geraldo Azevedo comanda a festa com repertório de forró, com canções próprias e clássicos do gênero. Na sexta, ele recebe no palco Chico César e Tadeu Mathias. Sábado, é a vez de Julia Vargas e Yessir Chediak. O arraiá ainda conta os trios Conterrâneos, na sexta e Trio Remelexo, no sábado, e o grupo de músicas e danças populares Zanzar. Barraquinhas de comidas típicas e a decoração completam o clima julino.

Vai lá:
Quando: Sexta e sábado (5 e 6), a partir das 22h
Onde: Circo Voador. Rua dos Arcos, s/nº – Lapa
Quanto: de R$ 50 (meia, com 1kg de alimento, 1º lote) a R$ 120 (inteira, 2º lote)

Arraiá do Horto

Festa julina tradicional de bairro, com música, comidas e brincadeiras típicas e outras atrações.

Vai lá:
Quando: Segunda e sábado (5 e 6), das 18h à 0h. Domingo, das  18h à 0h.
Onde: Largo das Pedras – Caxinguelê (entrada Rua Pacheco Leão, 1.235 – Horto)
Quanto: Entrada grátis

Arraiá dos Capuchinhos

Festa da tradicional igreja tijucana, com música ao vivo, brincadeiras e comidas típicas — quer coisa melhor em arraiá que as delícias preparadas pelas tias de igreja?

Vai lá:
Quando: Sábado e domingo (6 e 7), das 16h às 23h
Onde: Santuário Basílica de São Sebastião – Frades Capuchinhos. Rua Haddock Lobo, 266 – Tijuca
Quanto: entrada grátis

Arraiá no Museu

A pegada é meio gourmetizada (vai ter comida vegana, cerveja artesanal, kombucha, hambúrguer), mas a organização promete música, dança, brincadeiras, comidas e bebidas típicas também, e convida todos a ir a caráter (tira a camisa xadrez do armário, vai). Às 15h30 de cada dia haverá quadrilha.

Vai lá:
Quando: Sábado e domingo (6 e 7), das 10h às 17h
Onde: Jardins e estacionamento do Museu da República. Rua do Catete, 153 – Catete
Quanto: entrada grátis

Circuito Interno

A feira da Fábrica Bhering tem edição especial julina: além dos ateliês e lojas abertos, o evento vai ter DJ com brincadeiras e quadrilha das 16h às 18h e show do Trio Sentimento às 18h, tudo no pátio. As comidinhas são mais gourmetizadas e o clima, descolado.

Vai lá:
Quando: Sábado (6), das 13h às 20h
Onde: Fábrica Bhering. Rua Orestes, 6 – Santo Cristo
Quanto: R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira)

Festa de São João

A tradicional festa do padroeiro da igreja acontece no estacionamento e é concorridíssima: quem quiser provar as comidas típicas deve chegar cedo, ou periga ficar sem nada. Já falei que eu adoro receitas juninas de tios e tias de igreja?

Vai lá:
Quando: Sábado e domingo (6 e 7), das 17h às 23h
Onde: Igreja São João Batista da Lagoa. Rua Voluntários da Pátria, 287 – Botafogo
Quanto: entrada grátis

Festa Junina da Feira de São Cristóvão

O mais tradicional dos arraiás na cidade começa em junho e vai até agosto. Oba! Tem artesanato, comidas e bebidas típicas. Tem karaokê em diversas barracas. Sexta tem quadrilha às 21h e shows até 5h da manhã. Sábado tem quadrilha às 16h e às 21h e apresentações musicais até 5h da manhã. Domingo tem quadrilhas diversas durante o dia e shows das 13h às 20h.

Vai lá:
Quando: Das 10h de sexta (5) às 20h de domingo (7) — a feira fica aberta direto
Onde: Feira de São Cristóvão. Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas. Campo de São Cristóvão, s/nº
Quanto: grátis (sexta, das 10h às 18h) e R$ 5

O Rebu na Roça

O bloco lésbico O Rebu realiza uma festa exclusiva para mulheres, com xote, baião, maracatu, frevo e funk, que ninguém é de ferro. Também vai rolar o casamento de sapatão, tradição da festa.

Vai lá:
Quando: Sábado (6), às 23h
Onde: Cordão da Bola Preta. Rua da Relação, 3 – Lapa
Quanto: a partir de R$ 15

Sobre a autora

Kamille Viola é jornalista, com passagens e colaborações por veículos como O Dia, O Globo, O Estado de S. Paulo, Billboard Brasil, Bizz e Canal Futura, entre outros. Nascida e criada no Rio, graças ao jornalismo já andou pelos mais diversos cantos da cidade.

Sobre o blog

Do pé-sujo mais tradicional ao mais novo (e interessante) restaurante moderninho, do melhor show da semana à festa mais comentada, este blog busca fazer jus à principal paixão do carioca: a rua.